Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Uma aventura no "Andanças"

por Jorge R., em 10.08.15

Na primeira semana de Agosto realizou-se o Festival Internacional Andanças, um festival onde música e dança de todo mundo se fundem no interior do Alentejo, em Castelo de Vide, mais propriamente. Neste festival juntam-se pessoas vindas dos quatro cantos do mundo, com elas trazem as suas tradicões sob a forma de música e dança, trazem histórias, diversidade, boas energias, e uma vontade enorme de trocar experiências e com isso crescer.

O Andanças anda de mãos dadas com a natureza tendo como objetivo produzir o minimo de lixo possível, para isso são usados materias reciclados na construção da maioria das instalações que permitem o bom funcionamento do festival, cada participante usa uma pequena caneca de forma a substituir os tradicionais copos de plástico, as casas de banho são secas dado que utilizam areia, e existem caixotes de lixo espalhados por toda a parte, por isso muito dificillmente se vê lixo no chão. No recinto existem áreas de floresta, e por isso é possível dormir uma cesta ao som do telintar das águas que escorrem, onde nos podemos sentir mais próximos da natureza.

O melhor mesmo, é que o festival não pára, dia e noite, há espetáculos e oficinas de dança e música a toda a hora,em cada esquina um artista toca o seu instrumento e logo  reúne em volta um  pequeno grupo de apreciadores, ao longe se ouvem as palmas ritmadas de um grupo de ciganos que canta, dança e toca cajon, enquanto esperam na fila para jantar algumas crianças se riem com os palhaços que animam o recinto, nem a cantina escapa à festa e enquanto são servidas as refeições se ensinam pequenas coreografias animadas com músicas que ficam no ouvido, e assim se reúne uma aura positiva em torno do recinto que ajuda a esquecer os problemas do dia a dia. De forma subtil, as tradições do passado  se misturam com a contemporaneidade do presente, vemos a arte como um diamante bruto ganhar forma e brilhar, numa evolução constante até ao presente.

A diversidade é outra caracteristica do festival, com gente de todas as raças, estilos de vida, orientações, etnias, gente de todas as cores,e ao mesmo tempo todos iguais, todos se tratam de igual para igual, todos se aceitam, e assim ao longo de sete dias, todos se sentem livres, livres ao ponto de entrarem nus no rio que banha as margens do festival, livres ao ponto de poderem ser eles próprios sem preconceitos.

Assim, recomendo uma ida ao festival no próximo ano, lá podemos ter uma ideia de como poderiamos ter um mundo melhor, naquela pequena aldeia  improvisada, tâo simples e ao mesmo tempo tão rica, tâo cheia de vida, de amor, de tolerância, de respeito, de cultura, tão cheia de humanidade. Quem me dera a mim viver num mundo chamado "ANDANÇAS".

 http://www.andancas.net/2015/pt/

Autoria e outros dados (tags, etc)


1 comentário

Sem imagem de perfil

Carlos a 12.08.2015

Para quem gosta de redes sociais e quer ganhar uns € extra inscrevam-se na Tsu! É só por convite!

Deixo aqui o link para os interessados: https://www.tsu.co/Samgom

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D